Tudo que você precisa saber sobre o eSIM, o novo chip virtual, e como ele pode gerar redução de custos na sua empresa.

Introdução:

O eSIM, é uma tecnologia criada recentemente, e como toda nova tecnologia, ela ainda não teve seu potencial máximo explorado e não está acessível para todos. Contudo, logo logo essa tecnologia estará disponível para todos, e ai? Você e sua empresa estão preparados para esse momento? Continua aqui com a gente que vamos te ensinar a tirar o melhor proveito do eSIM!

 

Sumário:

  • O que é o eSIM
  • Qual a finalidade principal do eSIM
  • Quais os benefícios
  • Impactos positivos na sua Gestão de Telecom
  • Redução de Custos com o eSIM
  • Conclusão

 

  1. O que é o eSIM?

 

Muito se discutia sobre os chips de celular e quais seriam os seus possíveis futuros, e agora, nós sabemos. O eSIM, a tecnologia que ficou mais conhecida através do lançamento dos novos modelos de Iphone da Apple, veio para mudar o que conhecemos como chip.

O eSIM é um chip virtual, que possui a mesma finalidade do chip de plástico que conhecemos hoje, mas a principal diferença é que o eSIM não é removível. Este chip vem como uma peça/componente do aparelho, o que faz com que não seja possível removê-lo ou trocá-lo por outro.

A pesar de ter ficado mais conhecido através dos lançamentos dos novos Iphones da Apple, o eSIM também está disponível em outros aparelhos, como o Galaxy S10 e Google Pixel.

Porém, como toda tecnologia que é recente, ainda não teve seu total potencial explorado, além de não ser disponível para todos, até porque para utilizar a tecnologia será preciso desembolsar “um pouquinho” de dinheiro em um desses modelos de aparelhos.
Com o tempo, o eSIM deve se tornar uma tecnologia cada vez mais eficiente e barata, tomando conta de todos os modelos de aparelhos celulares e todos os equipamentos que utilizam chips, como máquinas de cartão, monitoramento e rastreamento e outros mais.

  1. Qual a finalidade principal do ESim?

 

Mas afinal, qual o problema do chip de plástico? Por que precisou ser substituído? Para nós que utilizamos no dia a dia, isso nunca foi um problema tão grande, só é preciso inserir o chip no equipamento e se Deus quiser nunca mais precisar retirar não é mesmo?

Contudo, para os fabricantes, o eSIM representa uma grande oportunidade. Buscando sempre por novas soluções e novas funcionalidades, os aparelhos estão cada dia com mais componentes, mas enquanto isso, o consumidor quer aparelhos fáceis de manusear e não Tabletes para colocar no ouvido, então como colocar tantos componentes em um espaço menor? Simples, diminuindo as peças que já tem. E foi exatamente isso que foi feito, o eSIM é um componente bem menor que o chip de plástico, e sem contar que não é necessário ter o espaço do Slot (local onde inserimos o chip) removível.

Dessa forma, com mais espaço, os aparelhos conseguem incluir novos componentes, e ai sabe Deus onde a tecnologia pode nos levar né…

 

  1. Quais os benefícios dessa tecnologia?

 

A maior parte das tecnologias são feitas para nos beneficiar de alguma forma, e com o eSIM não é diferente. Como já falamos anteriormente, o fato desse novo formato de chip ser menor que o habitual, abre portas para maiores inovações nos equipamentos. Com mais espaço para novos componentes podemos ter cada vez mais funcionalidades tecnológicas em nossas mãos.
Além disso, o fato de o novo modelo de chip não ser removível e vir de fábrica no aparelho, será eliminada a fabricação dos chips de plástico, e isso por si só já é um grande benefício para o meio ambiente, afinal, quantos chips plásticos não são descartados diariamente?

E tem mais, os aparelhos que já possuem essa tecnologia atualmente, ainda possuem também o Slot para o chip tradicional, o que fez com que modelos como o Iphone sejam pela primeira vez um aparelho DualSim (2 chips), isto porque, você pode utilizar 1 chip convencional e ainda habilitar uma linha no eSIM. Isso facilita até mesmo para quem faz viagens internacionais, pois você pode ter sua linha pessoal de uma operadora local, e ao viajar, habilitar uma linha de operadora internacional em seu eSIM, afinal, sairá bem mais barato do que pagar os altos valores de roaming internacional das operadoras.
E por falar em habilitação de linha, esse é um grande benefício que o eSIM trouxe. Como os chips passam a ser componentes, não é mais a operadora que possui controle sobre ele, e sim você, o usuário do aparelho, dessa forma, pode mudar de operadora quantas vezes quiser sem precisar “trocar o chip”, basta fazer as portabilidades, bem como, a contratação de planos pode ser feita diretamente pelas configurações do aparelho, sem sequer precisar ir a um quiosque da operadora para ativar seu novo plano (acho que só isso já nos faz pensar em comprar um aparelho com a tecnologia eSIM).

 

  1. Impactos positivos na sua Gestão de Telecom

 

Bom, agora que você já está mais familiarizado com o eSIM, podemos te apresentar quais são os impactos diretos que ele pode ter na sua empresa. O primeiro ponto é o número de trocas de Chip, bom, se você tem ou gerencia uma empresa que possui linhas telefônicas, você sabe (ou deveria saber) que as trocas de chips são constantes, não as trocas de linhas, mas as trocas do plástico, isso porque o chip pode queimar (devido o mau uso), o funcionário pode ser furtado, um colaborador pode ser desligado e levar o chip e diversos outros motivos. Claro que com uma boa gestão das linhas é possível minimizar isso, mas também é possível que sua empresa não tenha uma gestão tão eficiente de Telecom. Mas com a chegada do eSIM, este é um problema que pode ser resolvido, já que não precisaremos mais dos chips de reposição, bastará habilitar a linha no aparelho.

Outra questão importante são as fraudes. Infelizmente, ao entrar em novos clientes geralmente encontramos linhas que são da empresa e estão sendo utilizadas por pessoas externas sem autorização, até porque o chip é um plástico muito pequeno e pode ser extraviado facilmente, mas por sorte, é mais um problema que o eSIM tende a resolver.

Além de tudo isso, como o chip não poderá ser retirado do aparelho, passaremos a ter maior controle sobre os dados e informações trafegadas entre o chip e o aparelho, e para fins de inventário também (até porque eu sei que você deve inventariar os aparelhos e os chips da sua empresa, deveria).

 

  1. Redução de Custos com o ESim

 

Como já falamos anteriormente, sua empresa deve realizar várias trocas de chips, mas você sabe quanto isso custa? Em média, um chip custa R$15,00 (a não ser que assim como nós, você tenha um poder de negociação com a operadora). Levando em consideração o porte da sua empresa e o seu segmento, é possível que haja ao menos 10 trocas de chips por mês (conhecemos casos de muito mais), ou seja, R$150,00 por mês, mas fica pior, isso significa um gasto médio de R$1.800,00 por ano apenas com trocas de chips, e eu aposto que você tem lugares melhores para colocar esse valor dentro da sua empresa não é mesmo?

Se considerarmos o tempo de vigência do contrato, que geralmente é de 24 meses, significa que você gasta em média R$3.200,00 a mais com a operadora do que o valor contratado. Bom, você tem duas opções, melhorar a Gestão de Telecom da sua empresa, ou esperar o eSIM virar uma tecnologia mais acessível a todos. Mas desde já, se você não sabe quais são seus custos com troca de chip, seria bom procurar saber, se for baixo, ótimo, está no caminho certo, mas se o custo for alto, bom, achamos um ponto de atenção.

 

  1. Conclusão

 

Bom, agora que você já conhece o eSIM e todos os benefícios que ele pode trazer a sociedade e a sua empresa, seria importante divulgar estas informações para os seus colaboradores, afinal, se eles já estiverem habituados com a tecnologia a implementação será muita mais rápida e eficaz, e assim a sua empresa já estará preparada para as tendências de mercado e sairá na frente da concorrência, ou você prefere ser um dos últimos a estar preparado?

Agora é estar atendo a evolução dessa tecnologia, e assim que ela estiver disponível a todos você poderá tirar o melhor proveito.

Mas enquanto isso, melhor não perder dinheiro por uma gestão de telecom ineficiente não é mesmo? Então acompanha a gente que vamos disponibilizar mais conteúdos para te ajudar a ter uma Gestão de Telecom Profissional e EFICIENTE, sem contar os conteúdos pra te ajudar na Redução de Custos (são sempre os melhores né).
Gostou do conteúdo? Ajuda a gente a entregar conteúdo a mais pessoas divulgando este artigo

Alguma dúvida? Crítica? Comentário? Deixa ai embaixo que a gente gosta de saber o que você pensa sobre o assunto.

Sem comentários

Envie seu comentário