CSP: O que é? E qual a forma correta de utilizar?

CSP: O que é? E qual a forma correta de utilizar?

Não está conseguindo realizar chamadas para outro Estado? Fica calmo, pode ser apenas a falta do CSP (CS o quê?). Calma, uma boa gestão de Telecom pode ajudar você. Então se você quer realizar chamadas de longa distância, precisa entender que não basta utilizar o DDD! E neste post vamos te ensinar tudo que você precisa saber sobre o assunto!

O que é CSP?

 

O Código de Seleção de Prestadora – CSP é o número utilizado para que você realize ligações de longa distância. Assim, um usuário de serviços telefônicos que for realizar uma ligação de longa distância (Seja entre Estados ou Países) deve utilizar o CSP para completar a chamada.

Mas o que é uma ligação de longa distância? De forma bem simples, basta fazer a comparação de Discagem Direta à Distância – DDD (O antigo interurbano). Quando o DDD dos números participantes da ligação forem iguais a chamada será local, bastando utilizar o 9 e discar o número. Já quando o DDD dos números participantes forem diferentes, então a chamada é de longa distância, onde será necessário utilizar o prefixo nacional (0), mais CSP, mais o código DDD, e por fim o telefone (Mas abaixo tem um exemplo para facilitar o entendimento)

Qual a função do CSP?

O CSP foi criado para criar a livre concorrência entre as operadoras no serviço de chamadas de longa distância. Ao menos na teoria, porquê na prática…

Anteriormente as operadoras de telefonia celular só consideravam ligações interurbanas , as ligações para fora do Estado de origem (chamada área de registro) e a partir da nova regulamentação, à época, este tipo de ligação, que passou a ser chamada LDN (Longa Distância Nacional) passou a ser tarifado por código de área, ou seja, se dentro do seu Estado possui mais de um código de área, você vai precisar utilizar o CSP.

Ele é uma forma de aumentar a concorrência entre as operadoras e beneficiar os consumidores. Graças ao CSP você pode utilizar o serviço de uma operadora X mas ao realizar uma chamada de longa distância pagar a tarifa da operadora Y, por ser mais em conta. Isso fez com que as operadoras passassem a entregar a tarifa zero aos seus clientes. Então se você tem serviços da operadora X, ao utilizar o CSP da operadora que já usa, você fica isento da tarifação. No fim, realmente foi benéfico ao consumidor.

Como e quando utilizar o CSP de maneira correta?

Segue um exemplo para facilitar o entendimento:

1. Ligação Local:
(11) 99191-9191 para (11) 99090-9090 à Basta ligar: 99090-9090

2. Ligação de longa distância:
(11) 99191-9191 para (91) 99090-9090 à Deve ligar: 0-CSP-91-99090-9090

Ou Seja, a “fórmula” é: (Prefixo Nacional) + (CSP) + (DDD) + (Telefone)

Cada operadora de telefonia celular possui sua respectiva empresa parceira de CSP. Se por acaso você for cliente da Operadora X, mas utilizar o CSP da Operadora Y, não tenha dúvidas, você vai amargar sua conta mais alta no fim do mês!

– Mas Voicecon, meu plano é ilimitado! Essa conta não está errada?

Infelizmente não. Os planos ilimitados só terão esta característica se você utilizar o CSP correto. Por isso, segue a relação do CSP das principais operadoras para ajudar você:

Claro/Embratel – 21
TIM – 41
OI – 31
Vivo/Telefônica – 15

Viu só? É mais fácil utilizar do que explicar!

Cuidados com o uso do CSP no mundo corporativo

Nos contratos corporativos, o rombo financeiro pode ser beeem maaior. Por isso, fique muito atento!!!

Você que tem empresa, e colaboradores que utilizam linhas corporativas, deve ter muito cuidado com o uso do CSP indevido, e vou explicar o por quê…

Nos contratos corporativos, as prestadoras de serviço (operadoras) geralmente isentam o valor de chamadas de longa distância quando utilizado o CSP correto, equivalente a operadora que você utiliza. Nos contratos corporativos, a forma de tarifação e como originar  as chamadas LDN são as mesmas dos planos de Pessoa Física. A diferença é que o volume de linhas pode gerar um impacto gigantesco na conta, se não for levada em consideração apenas essa orientação.

Isso quer dizer que, se você tem o serviço da Embratel contratado, fique a vontade para fazer chamadas de longa distância utilizando o 21, e o mesmo vale para outras operadoras. Contudo, se você não utilizar o CSP correto, a ligação é tarifada de acordo com o CSP da operadora que você utilizou.

Isso é um risco gigantesco para as suas contas, e é um dos grandes valores excedentes que você paga todos os meses sem saber, simplesmente porque os seus colaboradores não tiveram a instrução necessária de como realizar essas ligações.

Imagine um setor de vendas inteiro, ligando todos os dias para outros Estados, utilizando o CSP incorreto. Um triste desperdício do seu orçamento, já que essas ligações poderiam ser totalmente isentas de cobranças.

Quanto mais linhas, a gestão deve ser também mais eficaz dentro da sua empresa para evitar estes custos. Porém, quanto maior o número de linhas, maior o número de páginas da fatura, o que dificulta ainda mais o gerenciamento.

E é justamente ness Gestão eficaz que nós da Voicecon conseguimos ajudar você e sua empresa!

Quer conversar com um de nossos especialistas e tirar dúvidas?
É só clicar aqui!

Sem comentários

Envie seu comentário